PANÁFRICA ÁFRICA IYA N'LA

Mestre Severo D'Acelino

 

PANÁFRICA significa danças, atabaques, manifestações autênticas de uma raça colorida, Oguns, Xangôs, Orishas, Mulungus, Moloises, Ganga-Zumbas, Chico Reis e todos os negros, mestiços e mulatos levantados das cinzas das fábricas e filas, num resgate legítimo do passado ao presente, contra as forças violentas da repressão e do racismo.

 

PANÁFRICA  traz em sua primeira parte textos sobre a obra e a trajetória de Severo D'Acelino assinada por importantes nomes da política, da cultura e da sociedade sergipana, que o reconheceram como "Um gigante da raça", para usar as palavras de Padre Arníbio Patrício de Melo.

 

Na segunda parte, a poesia de Severo nos conecta com a profundidade da África viva em Sergipe, da magia dos terreiros e seus encantos. É a voz do negro que chama seus ancestrais nos momentos de dor. 

 

No terceiro manifesto, Severo reconta de forma poética  emocionante a saga de João Mulungu, alçando este quilombola sergipano  ao posto de HERÓI NEGRO SERGIPANO. 

PANÁFRICA ÁFRICA IYA N'LA (impresso)

R$ 50,00Preço
    ANCESTRE.png